A fé obtém o que espera

«É a fé que opera e obtém o que se pede na oração. A oração obtém na medida em que se...

A glória de Jesus: eis tudo!

«Mas, o ESQUECIMENTO!… Sim, desejo ser esquecida, e não só pelas criaturas mas também po...

A semente de Vida

«A vida sobre a terra
é só “uma sombra de vida”,
diria Santa Teresa.
Mas já possuímos a semente da Vida
a que estamos chamados,
a Vida do Reino.
O grão de mostarda fica enterrado,
e tu podes considerar-te como preso,
atado, em muitas ocasiões,
a coisas desta vida passageira.
Mas, como há em ti sementes de eternidade
que vão crescendo,
o Reino cresce também em ti
até se converter numa frondosa árvore de Vida eterna.
O crescimento desse pequeno grão de mostarda
depende também da tua disposição interior,
da água com que regas esta semente.
A água da oração,
das boas obras,
do serviço,
do amor…»

Santo Henrique de Ossó | 1840 - 1896
Quarto de Hora de Oração, pg. 71-72.

Senhor Jesus ressuscitado por amor,
ao dares a Tua Vida por mim,
deste-a também para mim.
“Inoculaste” no meu coração
uma semente de Vida nova.
A mim cabe-me regá-la com a oração
e as boas obras,
para que cresça até à sua plenitude.
É uma semente que quer crescer
ao ponto de me transformar em Ti.
Deste-me esta semente,
esta moeda que devo pôr a render para dar muito fruto:
alguns visíveis nesta terra,
outros só visíveis na eternidade,
onde me alegrarei com aqueles que,
pela Tua graça,
pude ajudar a alcançarem a Vida eterna.
Ajuda-me a florescer, Senhor!

2017-04-26