Caridade: dar e receber

«Ó bendita caridade que purifica, que faz o bem, que consola e une a alma intimamente a Deus....

Deus como bom Pai

«Eu vejo que Deus, como bom Pai, me leva pela mão e conduz-me para onde Ele quer. E por isso i...

O passarinho

«Jesus,
até agora compreendo o Teu amor
para com o passarinho [ela própria]
pois ele não se afasta de Ti.
Mas eu sei, e Tu também o sabes,
muitas vezes a imperfeita criaturinha,
ficando embora no seu lugar
(isto é, sob os raios do Sol),
deixa-se distrair um pouco da sua única ocupação;
apanha um grãozito à direita e à esquerda,
corre atrás de um vermezito...
Depois, encontrando uma pocita de água,
molha as penas ainda mal formadas;
quando vê uma flor que lhe agrada
o seu espírito entretém-se com essa flor...
Enfim! Não podendo pairar como as Águias,
o pobre passarinho entretém-se ainda
com as bagatelas da terra.»

«Não obstante, depois de todas as suas travessuras,
em vez de se ir esconder num canto
para chorar a sua miséria
e morrer de arrependimento,
o passarinho volta-se para o seu Bem-amado Sol,
expõe as asitas molhadas aos seus raios benfazejos,
geme como a andorinha
e, no seu doce cantar,
confia,
conta em pormenor as suas infidelidades,
pensando, no seu temerário abandono,
conseguir assim maior influência
e atrair mais plenamente o amor
d’Aquele que não veio chamar os justos
mas os pecadores.»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897
Manuscrito B. 5rº

2016-09-29