Sou casa de Deus, da Trindade

«Senhor Abade, a que abismo de glória somos chamados ! Oh! compreendo os silêncios, os recolh...

A solidão própria da vida espiritual

«A solidão de que falas, em certo sentido é própria da vida espiritual. Quanto mais uma pess...

Esquecer-me de mim

«O meu programa:
fazer sorrir Jesus…
esquecendo-me
e deixando-me esquecer…»

Beata Elias de S. Clemente | 1901 - 1927
Pensamentos. Caderno 26. 1921-1924. pág. 350

Senhor,
aqueles que Te amam
colocam-Te no centro das suas vidas.
Já não olham para si,
amam-Te mais do que a si próprios;
esquecem-se de si para Te dar alegria.
E também pouco lhes importa ser apreciados
e considerados pelos outros
contanto que Te possam fazer sorrir.
Tu és o seu mundo,
a sua alegria,
o seu tudo!
Sabes, Senhor,
estou longe destas loucuras dos santos,
mas compreendo que eles em Ti
encontraram a verdadeira felicidade,
a verdadeira paz de coração.
Na minha pequenez,
também desejo aproximar-me destas atitudes interiores.
Sei que por mim não o conseguirei por mim,
mas o Teu Espírito pode conceder-me os dons de que preciso:
esquecer-me de mim para Te dar alegria
e dar alegria aos irmãos.
Com o meu esforço e a Tua graça
espero aproximar-me cada vez mais de Ti.
Assim seja.

2018-05-25