O sofrimento torna-me semelhante a Ti, Senhor!

«Querida irmãzinha, como as tuas cartas me deram gosto e sobretudo como me fizeram bem à alma...

Não ficar a remoer as faltas

«Quando o Irmão Lourenço cometia alguma falta, confessava a sua culpa e dizia a Deus: “...

Viver para Te agradar.

 

«Oh! Como é doce amar Jesus
num silêncio de toda a coisa criada,
e sacrificar-se à sombra do Seu Amor
sem esperar galardões cá em baixo…»

Beata Elias de S. Clemente | 1901 - 1927
Pensamentos. Caderno 26 (1921-1924). pg. 350

Senhor,
como é bom amar-Te, a Ti só,
sem os olhares que nos aplaudam por isso.
Só Tu és digno de ser amado,
sem me preocupar com o que os outros pensam.
Em Ti encontro o meu tesouro,
o meu tudo.
Mas nem sempre é assim.
Muitas vezes me deixo arrastar pelas opiniões alheias
que me arrastam
e falto ao Teu amor.
Ajuda-me, Senhor,
a fazer de Ti o meu único amor
e que este contato permanente conTigo
transborde em frutos de muito boas obras
para os meus irmãos.
Assim seja.

2018-06-16