No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

Vocação à eternidade

 

«Animada pela confiança
que a Senhora me inspirava, perguntei:
“Eu também vou para o Céu?”
Ao que a Senhora respondeu:
“Sim, vais.”
É indescritível a alegria íntima que senti,
mas nem por isso me considerei dispensada
da obrigação que todos temos
de ser fiéis a Deus,
amando-O,
servindo-O,
cumprido com fidelidade os Seus preceitos
e as Suas Leis.»

Serva de Deus Irmã Lúcia de Jesus | 1907 - 2005
Como Vejo a Mensagem. pg. 31

Senhor,
deste-me uma vocação à eternidade,
a uma vida eterna
mergulhada no amor a Ti
e a todos os habitantes do Céu.
Alcançaste-me esta graça inaudita
com a Tua Paixão, Morte e Ressurreição
sem qualquer trabalho da minha parte.
Mas, durante a minha vida,
pedes-me que seja fiel ao Teu amor
e ao amor aos meus irmãos,
antecipando já o Céu sobre a terra.
Que grande deve ser a minha alegria sempre,
vivida na fé,
pela certeza da vida eterna
que alcançarei pelo meu esforço
e especialmente pela Tua infinita misericórdia!
Já deveria viver a vida de um ressuscitado!
Que a certeza da eternidade
inunde inteiramente os meus dias,
cada momento,
e assim me torne uma fonte de alegria
para o Teu Coração
e para os meus irmãos,
fazendo já ações dignas da eternidade.
Assim seja.

2018-02-13