Viver serenamente cada cruz conTigo

«Não escolhas tu a cruz, mas vive calmamente a que tens: acabada esta, poderás ter outra ma...

O sacrifício une-me a Deus

«Formar-te-ás para a tua vida inteira sacrificando-te sem que ninguém o note, unicamente por ...

Quem Te procura, encontra-Te, Jesus!

 

«Procurando Jesus, debruçava-se a chorar
Os anjos queriam suavizar a sua pena
Mas nada podia acalmar-lhe a dor.
Não éreis vós, luminosos arcanjos
Que esta alma ardente vinha procurar!
Ela queria ver o Senhor dos anjos
Tomá-l’O nos braços, levá-l’O para longe…
Junto do túmulo, ficou a última
E tinha vindo antes de amanhecer
O seu Deus veio também, velando a sua luz
Maria não podia vencê-l’O em amor!
Mostrando-lhe primeiro a Face Bendita
Em breve uma só palavra brotou-Lhe do coração
Murmurando o nome tão doce de: Maria
Jesus restituiu-lhe a paz, a felicidade.»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897
Poesia 23. Ao Sagrado Coração de Jesus.

Jesus ressuscitado:
quem Te procura com coração determinado e amante,
encontra-Te mais cedo ou mais tarde,
e Tu revelas-Te a ele.
Foi assim com Santa Maria Madalena,
foi assim com todos os Teus santos.
Não esmoreceram na fé
e sobretudo determinaram-se em procurar-Te
pelo Amor ardente.
Também, eu, Jesus, nesta Páscoa luminosa,
renovo o meu empenho em procurar-Te
o que não é senão
fazer em tudo amorosamente a Tua vontade
e sair da minha preguiça e frouxidão
para me dar aos irmãos.
E revelar-Te-ás ao meu coração.
Confio em Ti, Jesus!
Assim seja.

2019-04-23