No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

Amo-Te, Jesus!

 

«Sobre todos os grãos de poeira
quereria escrever com o meu sangue:
amo-Te Jesus,
salva as almas!»

Beata Maria Josefina de Jesus Crucificado | 1894 - 1948
Diário 1. pg.2

Senhor Jesus,
amo-Vos,
mas não como creio que deveria amar-Vos.
Quero conhecer-Vos
para Vos amar sempre mais
e amar para Vos conhecer sempre melhor.
A oração é a porta
que me abre ao Vosso conhecimento
e ao Vosso amor.
Ficai comigo, Senhor, Vos peço.
Mas para que fiqueis comigo
também eu devo ficar conVosco,
devo permanecer em Vós.
Permanecer,
não como alguém que está uns momentos com o amigo
e depois se afasta,
mas permanecer como Maria Madalena aos Vossos pés,
absorta e mendiga da Vossa presença e da Vossa Palavra.
Ensina-me, Senhor Jesus,
a conservar no meu coração o Teu nome.
Que este nome ressoe em mim
e me torne cada vez mais capaz de amar os meus irmãos:
que saiba ir ao encontro dos que estão perdidos
nas periferias existenciais,
entregar-me por eles,
dar por eles a minha vida em Vosso nome,
e tudo isto porque Vós estareis em mim
e eu em Vós.
Senhor, Vos peço,
concedei-me esta graça.
Tornai-me louco por Vós,
ao ponto de serdes toda a minha vida.
Assim seja.

2017-10-18