No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

Ser morada de Deus

 

«Seguramente terás lido
no Evangelho de S. João, capítulo 14, versículo 23:
“Àquele que me ama e observa a minha doutrina,
meu Pai o amará
e viremos a ele e faremos nela a Nossa morada”.
Mas para se ser morada de Deus
é necessário cumprir a Sua doutrina,
praticar as virtudes.
A primeira virtude há-de ser a pureza.
Hás-de purificar-te o mais rápido possível das tuas faltas,
pedir imediatamente perdão a Nosso Senhor.
Além disso hás de desarreigar os defeitos dominantes
pelos atos contrários a esses defeitos.
Ainda que seja impossível livrarmo-nos deles imediatamente,
Deus vê os nossos desejos
e contenta-Se com o nosso querermo-nos purificar deles.
Uma vez formulado este desejo, querida irmãzinha,
diz a Nosso Senhor que venha morar na nossa alma,
que ainda que seja muito pobre
e ainda não esteja muito pura,
faremos o possível
por tê-la sempre o mais agradável possível aos Seus olhos.
Diz-lhe depois […] que tu O amas
e que desejas viver em íntima união com Ele.
Quando temos um amigo em nossa casa,
não o deixamos só,
mas procuramos falar-lhe de vez em quando.
Assim farás com Jesus.
Antes de principiar qualquer obra
dir-Lhe-ás que a ofereces a Ele, só por amor,
não com a intenção de que as criaturas te vejam,
mas para servi-Lo, porque O amas.»

Santa Teresa dos Andes | 1900 - 1920
Carta 82. A Elena Salas

Senhor,
quero ser Tua morada.
Ensina-me e dá-me a força de vontade e determinação
para me desapegar de tudo o que me impede
de Te amar inteiramente.
Assim seja.

2017-10-24