Dar tudo!

«O amor não quer um coração dividido: quer tudo ou nada.» Santa Teresa Margarida de Redi ...

Desejas a minha união conTigo!

«É preciso saber que o amor só chegará à perfeição quando os amantes forem um só, isto ...

Ser corredentor conTigo, Jesus!

 

«Um domingo,
contemplando uma estampa de Nosso Senhor na Cruz,
fiquei impressionada com o Sangue que caía
de uma das Suas mãos divinas.
Senti uma enorme pena,
ao pensar que esse Sangue caía na terra,
sem que ninguém se apressasse a recolhê-lo,
e resolvi manter-me em espírito ao pé da cruz
para receber o Divino orvalho
que dela escorria,
compreendendo que seria necessário
espalhá-lo sobre as almas...
O grito de Jesus na cruz: «Tenho sede!»
ressoava também continuamente no meu coração.
Estas palavras acendiam em mim
um ardor desconhecido e muito vivo...
Queria dar de beber ao meu Bem-Amado,
e sentia-me eu mesma devorada pela sede de almas...
Não eram ainda as almas dos sacerdotes
que me atraíam,
mas as dos grandes pecadores;
ardia no desejo de as arrancar às chamas eternas...»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897
Manuscrito A. 45vº

Senhor,
também eu desejo manter-me junto à Tua Cruz
em espírito de oração,
pedindo-Te não só por mim,
nem só pelos meus,
mas por todos,
pois foi por todos que Tu morreste.
Abre o meu coração ao mundo;
que de dentro de mim escorra para o mundo
a oração que, unida à Tua,
vivifica os corações
e lhes dá a vida eterna.
Nesta Quaresma, Senhor,
torna-me mais compassivo e compreensivo
com as necessidades e indigências
de todos aqueles que colocas no meu caminho:
que os saiba ajudar pela oração e de facto,
com atos concretos de amor.
Assim seja.

2018-02-25