Brilhas no meio das trevas

«Pede à Santíssima Virgem que seja a tua guia, que seja a estrela, o farol que brilh...

Amor infinito

«Senhor Jesus, que quiseste revelar-nos o amor infinito do Pai e consolar-nos com palavras de...

Lembra-Te, Jesus!

 

Lembra-Te da glria do Pai
Lembra-Te dos esplendores divinos
Que deixaste ao exilar-Te na terra
Para resgatar os pobres pecadores
Jesus, descendo at Virgem Maria
Escondeste a tua grandeza e glria infinita
Ah! do seio maternal
Que foi o teu segundo Cu
Lembra-Te.

Lembra-Te que no dia em que nasceste
Deixando o Cu, os Anjos cantaram:
Ao nosso Deus, glria, honra e poder
E paz aos coraes de boa vontade.
Desde h dezanove sculos cumpres a tua promessa
Senhor, a paz a riqueza dos teus filhos
Para saborear sempre
A tua inefvel paz
Venho a Ti.

Venho a Ti, escondo-me nos teus paninhos
Quero ficar sempre no teu bero
A poderei cantando com os anjos
Recordar-Te as festas dos primeiros dias
Jesus! Lembra-te dos pastores e dos magos
Que Te oferecem alegres os coraes e as homenagens
Do cortejo inocente
Que te deu o teu sangue
Lembra-Te.
electric hoverboard
Lembra-Te de que os braos de Maria
Preferiste ao teu trono real
Doce Menino, para alimentar a tua vida
S tinhas o leite virginal.
A este festim de amor que Te d a tua Me
Oh! digna-Te convidar-me, Jesus meu Irmozinho.
De que a tua irmzita
Fez palpitar o teu corao
Lembra-Te!

Santa Teresa do Menino Jesus, Poesia 24, 1-4

2011-12-30