No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

No Céu ama-se mais!

 

«Adeus, minha irmã querida,
queria que o pensamento da minha entrada no Céu
te enchesse de alegria,
visto que poderei amar-te ainda mais.»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897
Carta 257. A sua irmã Leónia. 17 de julho de 1897

Senhor Jesus,
depois do luto,
a minha alma deveria encher-se de alegria
por saber
que os que me amaram na terra imensamente,
vão amar-me ainda mais no Céu.
Além disso, o tempo que passo aqui nesta terra,
sem a sua presença física,
é muito pequeno.
Em breve (ainda que sejam muitos anos)
pela Tua misericórdia,
reunir-me-ei aos que amei e amo,
por toda a eternidade.
Amar e ser amado é a alegria do Céu!
Que o deseje
e todas as agruras deste mundo se relativizarão.
Assim seja.

2018-11-01