A fé obtém o que espera

«É a fé que opera e obtém o que se pede na oração. A oração obtém na medida em que se...

A glória de Jesus: eis tudo!

«Mas, o ESQUECIMENTO!… Sim, desejo ser esquecida, e não só pelas criaturas mas também po...

Nasceu Jesus no meu coração

 

«Também eu quero adornar o meu [coração]
com todas as belas flores que encontrar,
para o oferecer a Jesus […];
e quero, de facto, […]
que o Menino Jesus Se sinta tão bem no meu coração
que não pense mais em voltar para o Céu...»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897
Carta 11

Senhor,
vieste até mim
“para me enriqueceres com a Tua pobreza”.
Dás-Te a mim inteiramente,
desproporcionadamente,
dando-Te todo
e eu sinto-me como um dedal
no qual se derrama um oceano de amor.
Mas Tu, Senhor,
não Te incomodas com a minha pequenez:
continuas a amar-me infinitamente
vindo a mim com oceanos de amor,
em cada momento que passa.
Senhor,
quero ser pobre de mim,
quero fazer um imenso espaço no meu coração,
enchê-lo com as flores dos meus pequenos sacrifícios
para Te acolher,
para acolher os meus irmãos.

2015-12-25