No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

Para além das estrelas…

 

«Oh! Como é belo no silêncio do Carmelo
contemplar o Céu estrelado…
As estrelas!
Estas criaturas luzentes
sorriem ao meu pobre coração exilado
e o elevam a Deus…
não existe oração mais ardente
que a que se faz no observar das estrelas.
Não me cansaria de passar noites inteiras a olhá-las…
Elas falam-me do Infinito…
Os olhos, fixando-as, beatificam-se,
e não podem descer
para voltar a olhar a terra
sem sofrer:
a terra é um deserto
para quem ama o Céu…
Ó meu Jesus,
faz que eu volte a olhar para estas criaturas
com um coração puro
e continue a minha ascese para as estrelas,
porque por cima delas Vos encontrais Vós, meu Deus…»

Beata Elias de S. Clemente | 1901 - 1927
Pensamentos. Caderno 26. 24-6-1924

Senhor,
eleva o meu coração para as estrelas,
isto é, acima de tudo o que passa,
que é caduco, temporário.
Senhor,
ensina-me a amar o que é eterno,
o que é para sempre,
não passa.
E o que não passa é o Teu amor.
O amor:
eis o ouro com que deveria fazer o meu tesouro
aqui na terra.
Nada levo deste mundo,
mas o amor sim, levo-o porque permanece…
permanece para além das estrelas.
Assim seja.

2017-10-28