Dar tudo!

«O amor não quer um coração dividido: quer tudo ou nada.» Santa Teresa Margarida de Redi ...

Desejas a minha união conTigo!

«É preciso saber que o amor só chegará à perfeição quando os amantes forem um só, isto ...

Que em mim viva o Vosso Amor!

 

«Que miserável é a Sabedoria dos mortais
e incerta a sua providência!
Provede Vós pela Vossa
os meios necessários para que a minha alma
Vos sirva mais a Vosso gosto do que ao seu.
Não me castigueis
com dar-me o que eu quero e desejo,
se o Vosso Amor – que em mim Ele viva sempre! –
não o desejar!»

Santa Teresa de Jesus | 1515 – 1582
Exclamações XVII 3

Ó Verbo Eterno
Quando Te dignaste rasgar os céus
e descer!
Ó Pai Eterno,
Quando Te dignaste fazer-nos nascer
Para a vida em Cristo!
Ó bendita luz da aurora que sobre nós brilhou!
Ó Fuga do Egipto e
Travessia do mar vermelho que em nós começou!
Bendito sejas Espírito de Amor
Que do peito aberto do Crucificado,
Como terra donde corre leite e mel,
Nos sacias com as águas da salvação.
Amor puro e divino,
Em que nos detemos, se não em amar-Vos?
Iluminai a nossa cegueira,
Pois tão mortiça está a nossa fé,
Que nos entregamos a amores baixos e medíocres,
Quando na verdade Vós nos resgatastes
Com o precioso amor que brota
Do Vosso seio Trinitário.
Dá-nos a Sabedoria que vem do alto,
purifica os apetites do nosso coração,
para saborearmos e vermos como só em Vós
se encerra toda a bondade.

2019-01-03