O Amor é dar-se

«Porque o amor é dar-se, prodigalizar-se, e quanto mais uma pessoa se deu, menos se tem, me...

Jesus santifica-me com a minha adesão ativa.

«O trabalho da nossa santificação é uma obra que é assumida por Jesus. É preciso, no entan...

Temos tão grande Deus

 

«Quanto a nós,
tomar com singeleza o que o Senhor nos der;
e com aquilo que não nos der,
não nos cansarmos,
mas alegrar-nos de considerar
que temos tão grande Deus e Senhor,
que uma palavra Sua
pode conter em si mil mistérios...»

Santa Teresa de Jesus | 1515 – 1582
Conceitos do Amor de Deus 1,2

De mãos abertas
venho acolher o que Tu preparaste para mim.
Não sei se é muito ou pouco
mas sei que é o Amor com que me queres amar.
Sei que não me dás nada fora de Ti,
por isso a minha alegria
está em acolher a Tua presença na minha vida.
Tu és Deus e vens a mim como Deus,
por isso quero ter o coração aberto
e despojado de tudo o que não vem de Ti
e de tudo o que não és Tu,
para receber a graça que o Teu Mistério
quer produzir na minha vida,
no segredo do meu coração
na profundidade da minha alma.

Na simplicidade do meu ser
faz-me acolher a profundidade do Teu Mistério
e rezar:
“Quem como Tu Senhor,
glorioso autor de tantas maravilhas!”

2017-10-29