A Força do Amor venceu

«Ele vem como Filho do pecado, assim no-lo demonstra o Antigo Testamento, e procura a companhia...

O Pão de cada dia nos dai hoje

«Pois vendo o bom Jesus a necessidade, buscou um meio admirável por onde nos mostrou o máximo...

A Família de Jesus!

 

«Lembra-Te de que os braços de Maria
Preferiste ao teu trono real
Doce Menino, para alimentar a tua vida
Só tinhas o leite virginal

A este festim de amor que Te dá a tua Mãe
Oh! digna-Te convidar-me, Jesus meu Irmãozinho.
De que a tua irmãzita
Fez palpitar o teu coração
Lembra-Te!…»

«Lembra-Te de que chamaste pai
Ao humilde José que por ordem do Céu
Sem te acordar, do seio materno
Soube arrancar-Te ao furor de um mortal.

….. Verbo de Deus, lembra-Te desse mistério estranho
Tu guardaste silêncio e fizeste falar um anjo!
Do teu longo exílio
Nas margens do Nilo
Lembra-Te!...»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 – 1897
Poema 24

Foto: Pormenor de uma pintura de Bartolomé Esteban Murillo | séc. XVII
Fuga para o Egipto

2015-12-27