No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

Ser obediente ao Rei que me habita.

 

«Entra no templo da tua alma,
fica ali em silêncio
e escuta a voz do Rei,
que a partir do trono do altar
que está no fundo do teu coração
sempre te fala.
Com fidelidade, com cuidado,
com toda a perfeição,
esforça-te por pôr em prática os Seus conselhos.
Caminha segundo a palavra
que Ele te anuncia no segredo do teu coração,
e viverás eternamente.»

Beato Francisco Palau | 1811 - 1872
Carta 14 de fevereiro de 1845

Senhor,
que conforto saber que me habitas!
Nunca estou sozinho,
mesmo quando sinta a solidão e a incompreensão…
ConTigo sou mais forte,
mais corajoso,
mais perseverante.
Que a Tua companhia me torne mais capaz
de sair de mim mesmo
e me lance na ajuda aos meus irmãos,
dando-lhes o amor que Tu me dás
através de gestos de compaixão,
de ajuda, de perdão,
de compreensão, de empatia e conforto.
Senhor, Tu, dentro de mim,
queres fazer de mim um instrumento do Teu amor.
Que sempre obedeça à Tua vontade.
Assim seja.

2018-09-03