O Amor é dar-se

«Porque o amor é dar-se, prodigalizar-se, e quanto mais uma pessoa se deu, menos se tem, me...

Jesus santifica-me com a minha adesão ativa.

«O trabalho da nossa santificação é uma obra que é assumida por Jesus. É preciso, no entan...

Consolação

 

«Caríssima Senhora,
soube há momentos
que Deus veio até si com a sua Cruz
pedindo-lhe o mais doloroso dos sacrifícios
e peço-Lhe para ser Ele mesmo a sua Força,
o seu Apoio, o seu divino Consolador!
Toda a minha alma e todo o meu coração
são um consigo,
pois bem sabe, querida Senhora,
que profunda afeição me une a si.
Hoje partilho toda a sua dor; […]
Diz-se no Evangelho
que na sepultura de Lázaro,
ao ver a dor de Maria, “Cristo se perturbou e chorou …”
Ele está junto de si, querida Senhora,
este Mestre cujo Coração é tão compassivo.»

Santa Isabel da Trindade | 1880 - 1906
Carta 195. À senhora Farrat. 15 de fevereiro de 1904

Senhor,
como são belas estas palavras de consolação!
Brotam de um coração
que sente como sua
a dor do outro.
Jesus, faz também o meu coração semelhante ao Teu.
Que eu seja sempre o Teu embaixador
junto daqueles que necessitam de ajuda:
com as minhas palavras, oração e ajuda real.
Assim seja.

Na foto: Santa Isabel da Trindade, que se celebra hoje.

2018-11-08