O Pão de cada dia nos dai hoje

«Oh! Valha-me Deus! Que grande amor o do Filho, e que grande amor o do Pai! Ainda não me esp...

Maria dá-me Jesus

«Maria diz-te: “Dou-te o alimento, a Carne e o Sangue do Inocente:” Aos pés de Maria, en...

Tu amaste-me primeiro

 

«Quando na união de Amor
a alma é introduzida na corrente da vida divina,
já não se pode ocultar que essa vida
é uma vida tripessoal,
e ela entrará em contacto experimental
com todas as três divinas Pessoas.»

Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein) | 1891 – 1942
Ciência da Cruz

Deus Amor,
Eu amar-Te-ei.

Na luz e nas trevas
Eu amar-te-ei;

Na riqueza e na pobreza
Eu amar-te-ei;
Na alegria e na tristeza
Eu amar-te-ei;
Na força e na fraqueza
Eu amar-te-ei;
Na oração e na aridez
Eu amar-te-ei;
Porque Tu amaste-me primeiro
E gravaste no meu coração o selo do Teu Amor.

A Tua Cruz é para mim
A altura e a profundidade
A largura e o comprimento
Com que diariamente me amas.
É a chaga de amor
Que escolheste para ferir o meu coração,
Para o enamorar de Ti.
E Tu bem sabes
que não posso fugir do Teu Amor,
não posso deixar de Te amar.

Peço-Te
Que acabes já de trespassar o meu coração
Com a lança do Teu amor,
Que rompas os limites da minha humanidade
E não me deixes viver já em mim.
Toma de uma vez o meu ser
E converte-o em palavra de Jesus Humanado,
Em sinal de Nova e Eterna Aliança,
Em amor de resgate para muitos
E seja feita a Tua vontade,
Assim na terra como no céu.
Amen.

2018-03-11