A fé obtém o que espera

«É a fé que opera e obtém o que se pede na oração. A oração obtém na medida em que se...

A glória de Jesus: eis tudo!

«Mas, o ESQUECIMENTO!… Sim, desejo ser esquecida, e não só pelas criaturas mas também po...

Um novo ano que chega

 

«Como n’Ele o tempo corre veloz!
Faz um ano que Ele me introduziu na arca abençoada
e agora, como diz o bem-aventurado Pai,
São João da Cruz no seu Cântico:
“A rolinha, nas margens verdejantes,
Encontrou O tão desejado companheiro!”
Sim, encontrei Aquele que a minha alma ama,
esse Único Necessário,
e mais ninguém mo pode arrebatar.
Oh! como Ele é bom,
como é belo,
quereria estar completamente silenciosa,
inteiramente adoradora, a fim de penetrar cada vez mais n’Ele
e assim ficar tão cheia
que pudesse dá-lo pela oração
a essas pobres almas ignorantes
do dom de Deus.»

Beata Isabel da Trindade | 1880 – 1906
Carta 131

Senhor,
como o tempo corre depressa!
Também eu tenho pressa de Te encontrar!
Mas, se eu tenho pressa,
mais pressa tens Tu que me torne Teu.
Seja hoje o meu voto
para este novo ano que está a chegar:
procurar andar sempre na Tua Presença
e difundir-Te pelos meus irmãos,
para que todos possam encontrar
a Fonte do Amor e da paz.

2014-12-31