Olhar o entardecer da vida

«”No entardecer da vida – diz S. João da Cruz – examinar-te-ão no amor”. Este é o gr...

O amor não tem limites

«Não te limites a regras especiais ou devoções; faz tudo com fé, com amor e com humilda...

Jesus é Amor e Misericórdia!

 

«Considero-me o mais miserável de todos os homens,
despedaçado pelas feridas,
cheio de podridão;
cometi todo o tipo de crimes
contra o meu Rei [Jesus].
Tocado por um sensato arrependimento,
declaro-Lhe todas as minhas maldades;
peço-Lhe perdão,
abandono-me nas Suas mãos
para que faça de mim o que quiser.
Este Rei, cheio de bondade e misericórdia,
longe de castigar-me,
abraça-me amorosamente,
faz-me comer à Sua mesa,
serve-me com as Suas próprias mãos,
dá-me as chaves dos Seus tesouros
e trata-me como o Seu favorito;
conversa e compraz-Se incessantemente comigo
de mil e uma maneiras,
sem sequer falar de perdoar-me
ou tirar-me os meus velhos hábitos.
Ainda que Lhe peça que me faça segundo o Seu Coração,
cada vez me vejo mais débil e mais miserável,
mas, ao mesmo tempo, mais mimado por Deus.
É assim que me considero algumas vezes
na Sua santa presença.»

Frei Lourenço da Ressurreição | 1614 - 1691
Carta 2.

Senhor Jesus,
como é grande a Tua misericórdia!
Entrego-me, na minha grande miséria,
ao Teu Amor!
Assim seja.

2019-05-20