Olhar o entardecer da vida

«”No entardecer da vida – diz S. João da Cruz – examinar-te-ão no amor”. Este é o gr...

O amor não tem limites

«Não te limites a regras especiais ou devoções; faz tudo com fé, com amor e com humilda...

Deus conduz

 

«Deus conduzirá tudo ao seu destino…»

Beato Francisco Palau | 1811 - 1872
Cartas. Setembro 1860.

Senhor Jesus,
abandono-me nas Tuas mãos.
Sei que apesar das minha infidelidades e pecados
me conduzes como um Pai conduz o seu filho.
Quero ser dócil e confiante na Tua vontade para mim,
pois assim percorrerei o caminho da minha vida
com muito mais suavidade e amor:
farei a Tua vontade
e ajudarei os meus irmãos.
Assim seja.

2019-01-19