Deixar-se levar pelo Espírito de Deus

«Na doação plena do homem a Deus ele tem apenas que deixar-se conduzir e levar pelo Espírito...

Ascensão

«Cristo, formando um corpo moral com as almas dos santos padres, subiu aos céus e no empí...

A alegria de amar a Deus e aos irmãos

 

«Não se queixa de a haver chagado
– pois o enamorado
quanto mais ferido está,
mais compensado é –,
mas, porque tendo chagado o coração, não o sarou,
acabando-o por matar.
Na verdade, as feridas de amor
são tão doces e deleitáveis,
que só a chegam a satisfazer
quando a fazem morrer;
e, são-lhe tão deleitáveis
que desejaria a chagassem até a matar.
Por isso diz:
“Porquê, tendo chagado a este coração, o não curaste?”
É como se dissesse:
Já que o feriste até o chagar,
porque é que não o saras,
acabando por matá-lo de amor?
Se Tu causastes a chaga pela doença de amor,
sê Tu a causa da saúde pela morte de amor;
porque, desta maneira,
o coração, chagado pela dor da tua ausência,
curar-se-á pela alegria e glória
da Tua doce presença.»

S. João da Cruz | 1542 - 1591
Cântico Espiritual. 9, 3

Senhor,
o Teu amor chaga-me,
porque quanto mais me aproximo de Ti,
mais me causa dor a Tua ausência.
Só no Céu serão saciados todos os desejos.
Aqui na terra podemos saciar-nos
acolhendo o Teu amor
e derramando-o sobre os irmãos.
Quando se dá recebe-se mais
do que o aquilo que se dá:
o fazer o bem saciar-me-á de amor,
tanto quanto se pode nesta vida.
Senhor, dá-me forças para amar os maus irmãos com o Teu amor,
aquele que me dás.
Assim seja!

Foto: Irina Sapronova

2017-05-18