No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

Configurar-me com o sofrimento de Jesus.

 

«Muito teria desejado
não ver correr as lágrimas da minha Mãezinha,
mas o que eu gostei de ver
foi o bom efeito que elas produziram,
era maravilhoso.
Ah! não quero mal a ninguém
quando a minha Mãezinha é olhada de revés,
porque vejo muito bem que as Irmãs
são apenas instrumentos colocados de revés
pelo próprio Jesus
para que
o caminho da pequena Mãe
(á maneira do da pequena Teresa)
se pareça com o que escolheu para Ele,
quando era viajante pela terra do exílio...
Então o seu rosto estava como que escondido,
ninguém o reconhecia,
era um objeto de desprezo...»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897
Carta 216. À Madre Inês de Jesus. 9 de janeiro de 1897

Senhor,
também eu sofro muitas vezes
e sinto o desprezo do meu próximo
(no emprego, com os amigos, familiares…)
e, quantas vezes me revolto e deprimo
ao sofrer essas humilhações.
Sim, Jesus, hoje em dia
dificilmente se compreende o sofrimento.
Nesses momentos, ensina-me a olhar para Ti
e a configurar-me
com o Teu sofrimento neste mundo,
pois a Tua vida foi toda ela
tecida de sofrimentos,
até terminares no alto da Cruz.
Quero unir-me a Ti nesses momentos, Jesus.
Então Tu encherás o meu sofrimento
com a Tua graça e presença.
Assim seja.

2018-07-26