No diálogo silencioso do coração

«Na vida oculta e silenciosa realiza-se a obra da Redenção. No diálogo silencioso do coraç...

Deus é a minha morada

«Deus é a minha morada, o meu Templo, a vida da minha vida e o Ser do meu ser, sem Ele nã...

Pensar em Deus

 

«Não podemos evitar os perigos
e os escolhos,
de que a vida está cheia,
sem auxílio actual e contínuo de Deus;
peçamos-Lho continuamente.
Como pedi-lo sem estarmos com Ele?
Como estar com Ele senão pensando Nele frequentemente?
Como pensar Nele frequentemente
senão por esse santo hábito [o de pensar Nele]
que é necessário formar?
Dir-me-eis que vos digo sempre a mesma coisa.
É verdade:
não conheço meio mais próprio, nem mais fácil que este!
E, como não pratico outro,
aconselho-o a toda a gente.
É preciso conhecer antes de amar:
para conhecer a Deus
é preciso pensar Nele frequentemente.
E quando O amarmos
pensaremos Nele também frequentemente,
porque o nosso coração está onde está o nosso tesouro!
Pensai Nele frequentemente
e pensai Nele bem.»

Frei Lourenço da Ressurreição | 1614 – 1691
Carta 08. A uma religiosa. 28 de Março de 1698

Senhor,
que é pensar em Ti
senão um olhar do coração,
um movimento muito simples para Ti.
Quando amamos alguém,
todo o tempo se nos vai em pensar naquele que amamos.
Também assim deveria ser conTigo, Senhor.
Peço, desejo, almejo o dia em que a minha companhia íntima
for pensar em Ti e no Teu amor infinito por mim.
Então estarei sempre em uníssono com a Tua vontade
e os meus irmãos
serão por mim cobertos com o manto do Teu amor.
Assim seja.

2017-11-23