Maria dá-me Jesus

«Maria diz-te: “Dou-te o alimento, a Carne e o Sangue do Inocente:” Aos pés de Maria, en...

Grande é o Teu amor!

«Ai, Senhor, que grande és na Tua misericórdia! Prostro-me aos Teus pés e lavo-os com o me...

Bendito sejas Pão das entranhas do Pai!

 

«Muita misericórdia nos faz a todos,
querendo Sua Majestade entendamos ser Ele
que está no Santíssimo Sacramento.
Mas que O vejam a descoberto,
e comunicar Suas grandezas
e dar Seus tesouros,
não quer senão àqueles a quem entende
que muito O desejam,
porque estes são seus verdadeiros amigos.»

Santa Teresa de Jesus | 1515 – 1582
Caminho 34,14

Bendito sejas Tu,
Que és Pão das entranhas do Pai,
Amor dado e repartido
Feito elo de comunhão.
Pão de eternidade,
Neste caminho do deserto
Para o encontro com Deus.

Bendito sejas Tu,
Dom do alto que vens ao nosso encontro
Como Cordeiro da Nova Aliança.
Eu Te bendigo Pão Vivo descido do Céu,
Porque no Teu ‘Corpo de Criança’
Encontro a graça e a verdade da Aliança,
O Cordeiro Divino, o Bem Amado do Pai,
Que assume em Si o meu pecado,
Para me converter em amor.

Ó loucura de Amor
Um Cordeiro Crucificado,
Cujo Corpo é memória
De um Deus por mim entregado.
Vejo-Te, Senhor, no altar,
Desnudo e imolado,
Ao Amor totalmente entregado,
Com o desejo de me comungar e
Ser por mim comungado.
Toma meu ser todo inteiro,
Divino Pão celestial
Faz dele sacrário vivo
Da Tua Comunhão de Amor.

2018-05-31