O Amor é dar-se

«Porque o amor é dar-se, prodigalizar-se, e quanto mais uma pessoa se deu, menos se tem, me...

Jesus santifica-me com a minha adesão ativa.

«O trabalho da nossa santificação é uma obra que é assumida por Jesus. É preciso, no entan...

O Céu na terra

 

«”Mostra a tua presença,
Matem-me tua vista e formosura;
Pois olha que a doença
De amor, jamais se cura,
Senão com a presença e a figura.”

A alma deseja ver-se possuída já
por este grande Deus,
de cujo amor sente roubado e chagado o coração.
Porém, não aguentando mais,
pede determinadamente, nesta canção,
que Ele lhe revele e mostre a sua formosura,
que é a sua divina essência, e que a mate com esta visão […]
Manifesta-Lhe a doença e ansiedade do seu coração,
onde persevera penando de amor,
sem poder ter outro remédio
que não seja esta gloriosa visão da sua divina Essência.»

S. João da Cruz | 1542 - 1591
Cântico Espiritual. 11, 2

Senhor,
os santos vivem nesta terra
como se já vivessem no Céu.
Dá-me também a mim, Senhor,
o desejo de fazer o Céu sobre a terra
e de o abrir aos meus irmãos.
Que eu seja um céu para cada um deles,
ajudando-os, dialogando, perdoando, doando-me,
gastando-me por eles.
Assim seja.

2018-08-03