Encontrar-Te no sofrimento.

«Foi seu principal mal [na doença que levou à morte o seu pai, D. Alonso] uma dor muito grande...

Tantas mostras de amor me dás!

«Para uma carmelita a comunhão é um Céu; e deveria sê-lo para toda a alma crente. Como n...

Só a Fé nos consente “ver”

 

«A Fé, oh a Fé!
Oh, virtude admirável,
que esclarece o espírito do homem
e o conduz ao conhecimento do Seu Criador!
Amável virtude,
como és pouco conhecida
e ainda menos praticada,
apesar do teu conhecimento ser tão glorioso
e de tanto proveito!»

Frei Lourenço da Ressurreição | 1614 – 1691
A Prática da Presença de Deus, II, 1

Senhor,
nestes dias em que se aproxima a Vossa vinda,
abri os olhos do meu coração!
Como Senhor?
Sim, bem vejo que é pela Fé:
acreditando profundamente e firmemente
na Tua encarnação,
na Tua vinda,
na Tua tão grande pobreza e humildade,
no Teu infinito Amor por mim.
Ainda que não houvesse mais ninguém neste mundo,
senão eu,
sei que terias vindo,
de igual maneira.
Como me amais!
Vinde Senhor!

2018-12-05