O Amor é dar-se

«Porque o amor é dar-se, prodigalizar-se, e quanto mais uma pessoa se deu, menos se tem, me...

Jesus santifica-me com a minha adesão ativa.

«O trabalho da nossa santificação é uma obra que é assumida por Jesus. É preciso, no entan...

O abandono

 

«Abandonar-se à graça sem reservas.
O abandono é o acto mais livre da sua liberdade.
Aquele que totalmente despreocupado de si
se entrega à graça,
entra completamente dentro dela
sendo totalmente ele próprio.»

Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein) | 1891 – 1942
Obras Completas

Senhor,
Obrigada por ires conduzindo a minha vida
Para o abandono total;
Obrigada por me fazeres percorrer o caminho da liberdade
Totalmente confiada na tua graça.
A vida vivida até ao momento presente
Fala-me de abandono como entrega à graça,
Como simples instrumento nas tuas mãos
E isto enche-me de alegria e liberdade.
Para Ti o extremo do abandono está na cruz
E ela é ao mesmo tempo a plenitude da liberdade
E fonte de vida nova.

Tu sendo o mais livre de todos
Fizeste-te o servo de todos
E sendo o único que vive eternamente
Assumiste a morte do nosso pecado
E foi assim que te entregaste à graça.
E com a Tua morte de cruz
Te manifestaste completamente livre
E te revelaste como o Filho do Deus Vivo.

Une-me inteiramente à tua Cruz,
Faz-me penetrar no mistério do abandono
Como porta para a graça,
E ser transparência do teu amor.
Só o abandono total
Me pode fazer ser eu mesmo,
Porque só ele me pode fazer canal de graça para todos.

2018-10-09