Maria dá-me Jesus

«Maria diz-te: “Dou-te o alimento, a Carne e o Sangue do Inocente:” Aos pés de Maria, en...

Grande é o Teu amor!

«Ai, Senhor, que grande és na Tua misericórdia! Prostro-me aos Teus pés e lavo-os com o me...

A corrente que se comunica

 

«A corrente que se comunica à alma
transborda desde o mais íntimo de si às potências.
Entende-se claramente que há no interior
um sol de onde procede uma grande luz
que é enviada às potências,
desde o interior da alma.
Ela não sai daquele centro
nem perde a paz».

Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein) | 1891 – 1942
Edite Stein, O Castelo da Alma – Obras Selectas.

Senhor,
Quem sou eu para Ti?
Cumulas-me da Tua graça e da Tua misericórdia,
Revestes-me da ternura da tua bondade,
Olhas para mim e dizes:
“É tudo muito bom”!

Ó Senhor,
Tu queres verdadeiramente fazer-me
Manifestação da Tua glória;
Tu queres tornar-me sacramento da Tua presença;
Tu queres trazer-me na palma das Tuas mãos
E como um Pai sustentar a minha vida
Com a força dos teus braços.
Quem sou eu para Ti?

Não sou senão essa criança pequena
Que o Pai pega ao colo
E eleva até ao seu rosto;
Senão essa pequena esposa do Verbo
Que o Pai marcou com a sabedoria da Cruz;
Senão essa pequena criatura
Destinada desde toda a eternidade
A ser Palavra dita por Ti.

Ó Pai,
Ó Verbo Eterno,
Ó Aliança de Amor
Eu entrego-me a Vós
Para que livre de todo o egoísmo
E consumida pelo Vosso Amor,
Seja hóstia pura,
Vítima que imolais
Para levar por diante a obra
Da Encarnação Redentora a que
Destinastes o Verbo Eterno meu Esposo.

2018-04-08