«Cristo dá graças pela força divina de que é portador
e porque vai mostrar aos olhos dos homens a omnipotência do Criador».

Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein) | 1891 – 1942
A oração da Igreja. Obras Seletas, p. 395.

A Tua Páscoa
É Primavera de graça

Meu Senhor Jesus Cristo,
Tudo passou, tudo foi lavado
Na torrente divina do Teu Sangue
E tudo renasce nesta nova
Primavera de Graça,
Que é a Tua Páscoa.

Tudo começa às portas da Igreja,
Onde se acende de novo o fogo Sagrado,
Que não quero que jamais se apague no meu coração.

Acendem-se as luzes
E ressoa forte como em nova criação:
Eis a Luz de Cristo!

Quero que sejas,
Ó Divino Ressuscitado:
Luz na minha mente,
Palavra eterna na minha boca,
Fogo novo no meu coração.

Canto de Alegria:
“Feliz culpa que nos mereceu
Tão grande Redentor”!

A minha alma exultará de júbilo
E não se cansará de cantar o Aleluia
a Teus pés,
Ó Cristo Ressuscitado,
Sempre Bendito através dos séculos!