Obrigada, meu Deus.
É tanto melhor cair mil vezes,
para poder dizer duas mil vezes:
“Espero em Ti, Senhor!”
Olha para a minha fraqueza,
a minha miséria;
só Tu és a minha força.
Obrigada, obrigada
por me dares a conhecer e a sentir
aquilo que sou.
Prefiro isto aos milagres.
É mais vantajoso para mim.
Quereria que todos me vissem cair.
Oh! Pobre orgulhosa como sou,
com quantas coisas alimentarei o meu orgulho?
Senhor, obrigada, de novo,
obrigada!…»

Beata Maria de Jesus Crucificado | 1846 – 1878
Elevações Espirituais, 21