«Celina querida,
façamos do nosso coração um pequeno tabernáculo
onde Jesus possa refugiar-Se;
será então consolado…»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 – 1897
Carta 108

Jesus,
um dia Santa Teresinha disse:
[Jesus] “fica comigo como no sacrário”.
Também neste dia Santa Teresinha pede à sua irmã Celina
para fazerem dos seus corações um “pequeno tabernáculo”.
Sim, sei que me habitas,
e que me habitas com muito mais deleite do que no frio sacrário.
Mas que eu não seja de pedra ou de metal como os sacrários materiais,
porque, confesso-Te Jesus,
que por vezes parece que assim sou.
Não me recordo de Ti, nem da Tua presença em mim.
É esta a minha pobreza.
Mas hoje, neste final de mês quero fazer sempre mais o propósito
de entrar dentro de mim para adorar a Tua presença tão amorosa e condescendente.
Nada disto mereço: um Deus abaixar-se desta forma!
Que não fique frio diante de tanta misericórdia!
Assim seja.