«Seja Deus bendito para sempre!
Praza a Sua Majestade
que me consuma
antes que deixar jamais de O amar.»

Santa Teresa de Jesus | 1515 – 1582
Livro da Vida 5, 12

Jesus,
venho mais uma vez à Tua presença,
para aprender de Ti a ciência do amor.
No alto da Cruz ensinas-me que
amar é dar tudo e dar-se a si mesmo até ao fim,
em favor dos irmãos.
Na ressurreição ensinas-me
que a morte daquele que assim ama
é apenas uma doce passagem
para a vida eternamente nova no Amor.
É incomparável a felicidade daquele
que tudo dá aos irmãos por Teu amor.
Encontra abundância de felicidade já nesta vida,
juntamente com sofrimentos,
e a vida eterna para ele e para os irmãos.
Jesus, escolho-Te a Ti,
pois “só Tu tens palavras de vida eterna”.
Assim seja.