«Pode representar-se que está diante de Cristo
e acostumar-se a enamorar-se muito da Sua Sagrada Humanidade,
trazendo-O sempre consigo.
E fale com Ele.
É pedir-Lhe ajuda para as necessidades
e queixar-se-Lhe dos trabalhos.
É alegrar-se com Ele nos contentos
e não O olvidar por eles.»

Santa Teresa de Jesus | 1515 – 1582
Livro da Vida 12, 2

Jesus,
porque hei de andar triste e desanimado,
sob a opressão das dificuldades, problemas, preocupações com o futuro?…
Sei que muitas vezes esses pensamentos me esmagam,
mas também quero ter sempre mais a consciência
de que nunca me abandonas e sempre estás comigo
para me ajudar, para suprir as minhas limitações, deficiências…
Não estou só!
Que esta verdade tão consoladora
me encha todos os dias o pensamento e o coração e viva confiante,
sabendo que, fazendo eu o que posso,
Tu não deixarás de suprir tudo o que falta às minhas ações e à minha vida.
Assim seja.